quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Coração na boca


Recebi de uma amiga:
“Para vc, que gosta da alma feminina...
“Ah, quer saber o que eu penso? Você agüentaria conhecer minha verdade? Pois tome. Prove. Sinta. Eu tenho preguiça de quem não comete erros. Tenho profundo sono de quem prefere o morno. Eu gosto do risco. Dos que arriscam. Tenho admiração nata por quem segue o coração. Eu acredito nas pessoas livres. Liberdade de ser. Coragem boa de se mostrar. Dar a cara a tapa! Ser louca, estranha, linda, chata! Eu sou assim. Tenho um milhão de defeitos. Sou volúvel. Tenho uma tpm horrivel. Sou viciada em gente. Adoro ficar sozinha. Mas eu vivo para sentir. Por isso, eu te peço. Me provoque. Me beije a boca. Me desafie. Me tire do sério. Me tire do tédio.Vire meu mundo do avesso!. Mas, pelo amor de Deus, me faça sentir... Um beliscãozinho que for, me dê. Eu quero rir até a barriga doer. Chorar e ficar com cara de sapo. Este é o meu alimento: palavras para um alma com fome. (Meu coração é a minha razão. Essa é a lógica que inventei pra mim).
Fernanda Mello – Insensata Lógica – 01.06.2005”
Bom, né? Queria tê-lo escrito. Tem um quê de Clarice Lispector, de Clara Averbuck, de Lya Luft, de Leila Diniz, de Rita Lee, de Elis Regina, de Martha Medeiros, de minha amiga – a que me enviou o texto e todas as outras que eu conheço.
Mas eu sou incapaz de compreender as filigranas, as nuances, as mínimas expressões, os detalhes que compõem toda a complexidade de uma mulher. Ainda que me quede sempre a admirá-las.
Fernanda Mello é publicitária, cronista, poeta, compositora de Belo Horizonte. Se você ainda não leu nada dela, corra para o blog http://www.fernandacmello.blogspot.com/ assim que acabar de ler o Mar de Coisa. Mas é bem provável que você já tenha ouvido as palavras da Fernanda. E até cantado. É dela, por exemplo, a letra de “Só hoje”, sucesso do Jota Quest.

2 comentários:

Iara disse...

Lele, acabei de ler Doidas e Santas da Martha Medeiros e amei! Agora é meu livro de cabeceira... Beijos!

Dani disse...

Eu amei o texto da Fernanda!
Demais!