quinta-feira, 25 de junho de 2009

Black or white



Ainda sobre Michael Jackson, eu recomendo a leitura do interessante ensaio O Comedor de Criancinhas, de autoria do filósofo Francisco Bosco, publicado no livro Banalogias, edição da Objetiva, em 2007.

“Michael Jackson é o primeiro transracial da história. (...) É verdade, o corpo de Michael revela uma recusa sem precedentes à “raça negra”, mas por isso mesmo, pelo desespero que o levou à desfiguração, denuncia e demonstra o caráter profundamente racista da cultura norte-americana – e é por trazer isso à tona, afinal, que o imenso artista Michael Jackson é imperdoável.”

“I’m not gonna spend my life being a color”

Um comentário:

Lean Dieu Valent disse...

ah, tadinho do michael... eu me recuso a acreditar que ele queria ficar branco...
abraços poeta!