domingo, 19 de outubro de 2008

O amor

Foto: Leandro Wirz

Love is all. O amor é tudo. E muito mais! Ou menos. O amor é mais ou menos. O amor não é isso tudo. O amor é uma lenda. O amor é compra e venda. O amor é troca. O amor é uma ilusão. O amor é a verdade. O amor é o caminho. O amor é a solução. O amor é carinho. O amor é compreensão. O amor é paixão. O amor é fogo. O amor é foda. O amor é sexo. O amor é uma droga. O amor é rock’n’roll. O amor é a musa. O amor é música. O amor liberta. O amor cura. O amor eleva. O amor salva. O amor é cruz. O amor é credo. O amor é fé. O amor fere. O amor vicia. O amor mata. O amor é vida. O amor é ferida (que dói e não se sangra). O amor é samba. O amor é luz. O amor é vaga-lume. O amor é perfume. O amor não é ciúme. O amor une. O amor é luxo. O amor é fofo. O amor é bobo. O amor é cego. Surdo, mudo, burro e tetraplégico. O amor é humor. O humor é incorreto. O amor é certo. O amor não é reto. O amor é curva. O amor é sol. O amor é chuva. E neve. O amor é leve. O amor é breve. O amor redime. O amor é sublime. O amor é o paraíso. O amor é um inferno. O inferno são os outros. O amor é o céu. O amor é o chão. Mas se houver posse, o amor é parede. O amor é o teto. O amor é o limite. O amor não tem limite. O amor não há quem imite. Nem na China, nem no Paraguai. O amor é Paris. O amor é o Rio de Janeiro. O amor é Veneza. O amor é beleza. O amor é lindo (O que mata é a...). O amor é eterno. O amor é infinito (Enquanto dura, todo mundo sabe). O amor a tudo vence. Eu amo. All you need is love.

4 comentários:

Carol Nogueira disse...

L. is for the way you look at me
O. is for the only one I see
V. is very very extraordinary
E. is even more than anyone that you adore...
Cê conhece essa música?
Nat King Cole.
Perfeita.

Leandro Wirz disse...

Sorry, Carol, mas não conheço, não. Como chama? Vou pesquisar, obrigado pela dica.

Fabrizio disse...

Cara eu sei muito bem o que eh o amor. O amor eh a saudade e a dor. O amor nao eh o sexo e nem eh foda, nem eh lampada nem roda. Nao existe amor quando vc tem, porque ter eh possuir e eh conter, dirigir, exigir. O amor so existe quando vc nao pode, quem entende? Eu garanto, nao pelo que sei nem pelo que aprendi mas diretamente pelo que sinto, amor existe quando nao precisa de nada. Nao precisa do outro, nao precisa do beijo, nao precisa do sol, nem da chuva. O unico amor que senti veio de mim e me bastou. Nao se engane, eu to falando de amar outra pessoa mesmo. Quando vc ama alguem nada mais importa. Nem se esta viva ou se esta morta. O amor nao eh finito nem infinito e o amor nao eh quando tem que ser. O amor so existe enquanto nao vira realidade, explciar o amor eh bobagem. O bom mesmo eh sentir, mas eh raro. Se voce busca o amor impede-o de nascer. Se vc quer o amor tem que sofrer, que eh o melhor amor.
O amor da saudade, o amor da dor. Sozinho pensando e sentindo ao mesmo tempo, ali naqueles segundos de lagrimas e apertos o amor surge e faz vc sentir o que eh a vida, o sentido da vida eh muito mais facil de explicar do que o amor. Cara eu sei muito bem o que eh o amor. O amor eh aquela dor do caralho que nao quer parar e nao quer conter, o resto eh besteira, escapa. Vc pode chamar o amor de paixao ou de gostar ou de prazer ou do que quiser. Mas o amor mesmo eh sofrer e eu acho a melhor coisa que pode acontecer. O resto eh sexo, drogas e rock n roll. O amor nao eh sentir prazer, nem felicidade, o amor tem que ser no vazio, no escuro. O amor eh falta que alguem faz, isso eh amor, o que sobra eh cerveja.

(Desculpe mas to sem acento aqui, morando na australia, gosto demais do jeito que vc escreve, to lendo tudo aqui. Grande abraco. Fabrizio Michels)

Leandro Wirz disse...

Fabrizio, valeu pelo comentário, eu tb gosto muito do jeito que vc escreve.
E sigamos amando e/ou nos afogando em oceanos de cerveja.
Abraço