quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Massa, véio!


Replico aqui hilária notícia publicada no jornal O Dia online, de hoje.

"Torcida quer que Rubinho ajude Massa
Rio - Alvo de piadinhas da torcida brasileira por sempre ter sido o coadjuvante do heptacampeão Michael Schumacher na Ferrari em sua trajetória na F1, o piloto Rubens Barrichello agora é o "personagem principal" de uma campanha que já caiu na grande rede.

Você acha que Rubens Barrichello deve "manchar a carreira" e ajudar Massa na conquista do título?

Nos emails que estão rodando a internet, brasileiros pedem que Rubinho ajude o compatriota Felipe Massa a conquistar o título do Mundial de Pilotos da F1. Para isso, foi lançada a campanha "Bate nele, Rubinho", que tem como objetivo fazer Barrichello colidir seu carro com o do inglês Lewis Hamilton, tirando o líder do campeonato da prova, deixando o trabalho de Massa mais fácil. Se Hamilton não completar a prova, Felipe pode chegar em segundo lugar para se sagrar campeão mundial.

Como Rubinho Barrichello deve ajudar Felipe Massa a ser campeão?
a) Bater em Hamilton sem dó
b) Atrapalhar o máximo possível
c) Deve torcer, mas sem interferir na corrida"

* * * * *

Brincadeiras e atitudes antiesportivas à parte, essa corrente é, além de muito engraçada, injusta. Afinal, Rubinho se mantém há muitas temporadas na Fórmula 1 (16, se não me engano) e foi duas vezes vice-campeão. Ou seja, quase tantas vezes quanto o Vasco.

No Brasil, vice é igual a último.

De qualquer forma, é bem provável que se Barrichello topasse essa manobra absurda - e caísse nas graças da torcida brasileira - a FIA anulasse o resultado. Bons tempos eram aqueles em que Senna (nunca houve ninguém como ele) e Prost trocavam, mui esportivamente, toques e cutucões nas pistas.

Acho que o bom garoto Massa prefere ganhar sem esse tipo de ajuda. Para conquistar vitórias, ele confia no talento e na superstição da cueca usada. Repete a que usava quando venceu uma prova pela primeira vez.

Rubinho já ajudou até o Schumacher a ser campeão, abrindo para ele passar. E você, o que acha? Rubinho iria manchar ou salvar sua carreira se tivesse essa atitude patriótica, porém nada esportiva?

2 comentários:

Ciça disse...

Não entendo nada de Fórmula 1, mas acho muito engraçadas as tiradas que fazem com o Rubinho.

Pobre!

Agora, o lance da cueca.... pô, essa é demais. Ele pede, né?

Ciça disse...

ops! ai que furo!
Achei que o lance da "cueca" fosse coisa do Rubinho...