quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Minhas férias

Foto: Leandro Wirz

“Minhas férias”: invariavelmente, este era o tema das redações demandadas pelas professoras do primário (hoje, ensino fundamental) na volta do recesso escolar. Tia Myriam, Tia Jane, Tia Zenith e a linda Tia Raquel me fizeram essa mesma encomenda a cada semestre letivo. Devo a elas, também e em parte, o gosto que tomei por escrever.

Escrever tornou-se meu trabalho, meu hobby, meu divertimento, meu modo possível de estar no mundo.

De férias, eu sempre gostei. O único defeito que elas costumam ter é que acabam.

Viajei para dois países, os Estados Unidos e Nova York. Não, não sou ruim de geografia. É que os EUA e NYC são lugares muito, muito distintos, habitados por pessoas bastante diferentes também.

Foi minha terceira vez nos EUA e a segunda em NYC. O barato é que pela primeira vez fui a cidades que normalmente estão fora do circuito turístico mais clássico dos brasileiros nos Estados Unidos: Atlanta, na Geórgia; Charleston, na Carolina do Sul; e Pittsburgh, na Pensilvânia.

Claro que as férias renderam histórias e algumas devem gerar crônicas, em breve por aqui.

Digo "em breve", porque Tico e Teco ainda estão devagar, preguiçosos, neste dolce far niente que são as férias...

2 comentários:

Paulo Paniago disse...

seja muito bem-vindo de volta à labuta. senti falta do texto leve e ácido que você domina muito bem, graças em parte às tias, a quem encaminho também agradecimentos.
mais uma coisa, não conheço pessoalmente, por não ter sido apresentado, nova york, nem por extensão os estados unidos. mas assino embaixo da distinção que você fez. sempre tive essa impressão. e vou aguardar as crônicas que virão salivando muito.
acordem, tico e teco!!!

Deborah disse...

Nem fez uma visita ao vizinho de cima, né? rsrsrsrs
Saudades!!!