segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Rock 'n 'Richards


Keith Richards. Desenho de Sebastian Kruger.


Se o rock’n’roll pudesse ser personificado, para mim, ele seria Keith Richards, o lendário guitarrista dos Rolling Stones.

Pois eis que hoje li notícia de que o doidão de carteirinha, aos 66 anos, está há quatro meses sem beber. A decisão foi motivada por recomendações médicas e também por ver a vida de seu companheiro de banda Ronnie Wood afundar devido ao alcoolismo. Bem, Richards já viu coisas muito piores – inclusive dentro dos Stones – e ele não me parece o tipo de cara que se impressiona facilmente.

Longe de mim fazer apologia de uma doença devastadora como o alcoolismo, mas ver Keith Richards abstêmio é, no mínimo, inusitado. Afinal, o cara sempre foi um reservatório ambulante de álcool, drogas e cigarros. Sua sobrevivência até hoje – em condições até razoáveis, dados os excessos – devia ser estudada pela ciência.

Ex-viciado em heroína, Richards declarou em 2006 que havia parado também com as outras drogas. “- Eu realmente acho que a qualidade das drogas caiu”, foi como ele justificou na ocasião.

Foi mais ou menos nessa época que ele disse – e depois o empresário desdisse – ter cheirado as cinzas do próprio pai, misturadas à cocaína, como forma de homenagear o velho. Antropofágico, à sua maneira.

Com ou sem álcool, vida longa ao rock, vida longa ao Keith. E que, sóbrio, ele não vire Rod Stewart.

Cheers!

Um comentário:

Rosa Mouta disse...

A menina que faleceu foi aluna do CEUB. fiz uma matéria com ela em publicidade. Ela é muito amiga de uma amiga minha. Tá no site da Globo.com e passou na Globo News.