quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Favor não confundir

Ontem, na coluna do Joaquim Ferreira dos Santos:


“Homem bom é...

Domingo, durante a peça ‘Não existe mulher difícil’, Marcelo Serrado perguntou à platéia qual o tipo de homem que mulher gosta. Uma senhora gritou logo ‘Riiiiico’. Não só foi aplaudida como ninguém citou outra qualidade masculina. Morreu aí.”

Depois, a mulherada reclama daquele ditado/brincadeira que diz “mulher gosta de joia, quem gosta de homem é viado.”

Calma, não se ofendam, ninguém aqui está chamando vocês de interesseiras, mercenárias ou putas (eu particularmente não acho uma ofensa chamar alguém de puta). Mas vamos olhar friamente, sem preconceitos e juízos morais. “Mulher gosta de joia”. Ou “de dinheiro”, em uma variante do mesmo dito popular. No sentido lato, podemos entender que mulher gosta do conforto e da segurança que a estabilidade financeira traz. É uma atualização do bom e velho neanderthal caçador capaz de prover e assegurar a sobrevivência da mulher e de sua prole. Será isso? E qual o mal? Um amor e uma cabana só funciona em conto de fadas e novela ruim.

Acho que mais até que a segurança material, mulher gosta mesmo de segurança emocional. E é claro que mulheres também gostam de sexo. Mais ainda, gostam de se sentir desejadas.

Vamos expandir também o “quem gosta de homem é viado” e sua variação mais grosseira que é “quem gosta de pau é viado”. De maneira geral, mulher se interessa menos por sexo do que o homem. Antes de negar essa afirmação, minha cara, pense em quantas vezes você não esteve a fim nessa semana. Contou? Mal coube em uma das mãos, não é?  Vamos lá: um homossexual masculino é um homem que sente tesão por outro, como o próprio termo expressa. E qual a prioridade de um homem, gay ou hetero? Sexo. Pode apostar todo o seu dinheiro nisso, moça. E favor não confundir com amor.

2 comentários:

K∂riиє* Smith. disse...

Nao concordo, mas nao discordo.
Tudo eh muito relativo, e as vezes surpreendente, quando o que esta em pauta eh o ser humano.

Mirelle Siqueira disse...

ja eu, mais concordo do que discordo. mulher gosta de segurança, fato. mas descobri que segurança nem sempre esta tao relacionada a dinheiro. se essa segurança, tb puder ser economica, otimo. mentira falar que mulher vai amar p sempre um homem que nao coloca dinheiro em casa, que nao ajuda a pagar as contas. mulher que se preocupa mais com presentes e passeios, talvez se encaixe no termos de puta. as que se importam com a estabilidade do relacionamento, não.

vixe, td muito complexo! mas sim, eu adoro que meu marido tenha estabilidade financeira e me compre uns presentinhos de vez enquando. mas tb nao me importo de rachar uma conta com ele!bjim